Adicione Evento

refresh

Powered by ChronoForms - ChronoEngine.com

Novembro 2014

D S
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6

Portal dedicado à divulgação de eventos, publicidade e comunicação na Região da Ilha da Madeira e Porto Santo

Últimos Eventos

Sab Nov 29
Exposição Pearl de Tiago Casanova
Multi Dia
De Sex 07 Nov Até Sab 04 Jan

Local: Museu de Arte Contemporânea

Pearl, de Tiago Casanova
Inaugura a 7 de Novembro no Museu de Arte Contemporânea do Funchal.
• A exposição é composta por 30 fotografias, em analógico e de formato médio, 1 fotografia de época do avô do artista e que esteve na génese do trabalho
desenvolvido, e 20 polaroids.
• No dia da inauguração será feito o lançamento na Madeira do livro "Pearl" de Tiago Casanova, com a série homónima completa.
• A exposição pretende explorar a "híbrida relação entre Natureza e Construção" e como essa alterou a paisagem da Madeira, conhecida, de há muitos anos a esta parte, como a "pérola do Atlântico".

Esta mostra,com curadoria de Ana Matos, estará patente de 7 de Novembro de 2014 a 3 de Janeiro de 2015.

Sab Nov 29
Camisas da noite de Casamento 1894-1944
Multi Dia
De Seg 28 Jul Até Qua 31 Dez

Local: Núcleo Museológico de Arte Popular Centro Cívico de Santa Maria Maior

Está patente até 31 de Dezembro a Mostra no âmbito dos 50 anos do Grupo de Folclore e Etnográfico da Boa nova, intitulada "Camisas da noite de Casamento 1894-1944".

Sab Nov 29
Exposição "Desenho" de Teresa Gonçalves Lobo
Multi Dia
De Seg 28 Jul Até Dom 30 Nov

Local: Centro das Artes - Casa das Mudas

Teresa Gonçalves Lobo - Desenho, é a exposição que estará patente na Galeria do Centro das Artes Casa das Mudas, na Madeira, de 10 de maio a 30 de novembro de 2014.

A exposição individual da conhecida artista Teresa Gonçalves Lobo, a inaugurar no sábado, 10 de maio pelas 17h00, na Galeria Casa das Mudas, é composta por uma seleção de 40 desenhos originais, datados entre 2006 e 2012. O resultado do processo criativo de Teresa Gonçalves Lobo, com o seu traço tão caraterístico, estará patente ao público para exposição, com entrada livre, e também com a componente de venda de obras.

Sobre esta exposição na Galeria Casa das Mudas, Isabel Santa Clara, docente do Centro de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira, escreve:
"Foram trazidos para esta exposição trabalhos de diferentes famílias de formas: os desenhos mais caligráficos, de traço limpo, afirmado no vazio dos fundos; os desenhos de traços rasgados em fundos negros, acontecimentos traumáticos abertos na cor, onde pontuam os contrastes mais dramáticos de vermelhos e de negros; os desenhos de pendor ideográfico, como aquelas quase estrelas.

Em todos eles se plasma a presença do desenho que oferece percursos aparentemente simples ao olhar, mas em que aflora um modo de habitar a página deixando-a respirar. Exercícios de respiração, poder-se-iam assim designar/desenhar, na sua demanda de leveza.

A ligação de Teresa Lobo com a caligrafia foi, aliás, sublinhada por Maria João Fernandes, que a este tema específico se tem dedicado e que a incluiu na sua colectânea com o sugestivo título de Caligrafias. A nascente dos nomes (2008). A sua "letra" cria um alfabeto impreciso, feito de gestos fluidos bem ao encontro da constatação de Paul Klee de que escrever e desenhar são no fundo idênticos, enquanto maneiras de conseguir fixar de modo duradouro uma ideia. A ele se deve também uma outra frase que deixaria a rematar esta breve reflexão, pois acentua o carácter activo e lúdico do desenho, ao mesmo tempo que confere à linha uma vida própria que, no entanto, depende de alguém para se manifestar: "desenhar é levar uma linha a passeio".

Aqui fica então um convite para olhar estes desenhos reencontrando o passeio das linhas, a dinâmica do gestos os gestos, a organicidade das formas, as ideia que neles ficaram presas à matéria e, também, para encontrar o vazio da página, o lugar onde nascem todas as linhas."

Teresa Gonçalves Lobo, expôs recentemente no Grand Palais em Paris, na primeira edição da Bienal Révélations, a "i Chair Long", desenhada pela artista e manufacturada nas oficinas da FRESS - Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, aquando da sua última exposição individual "i em pessoa" no Museu de Artes Decorativas. A este propósito, João Pinharanda, programador cultural da Fundação EDP, refere " (...) muitos outros trabalhos situam-na na longa teia de relações entre a escrita e as artes visuais, (...) Teresa Gonçalves Lobo permite-se trilhar múltiplas vias: autonomizar a própria escrita verbal como imagem artística, ou seja, levar essa imagem até à indecifrabilidade fonética colocando- a no campo da pura decifração visual e plástica (...)".

Sobre a artista e a sua técnica, Tomás Paredes, crítico de arte in El Punto de las Artes, Madrid, 2008 assinala: "Tudo o que é bonito, simples, parece fácil, mas os desenhos de Teresa

Sab Nov 29
Exposição Colecção de Arte Contemporânea da Portugal Telecom
Multi Dia
De Seg 28 Jul Até Dom 12 Jan

Local: Centro das Artes - Casa das Mudas

Está patente na Casa das Mudas a exposição das obras da Colecção de Arte Conteporânea da Portugal Telecom, até 11 de Janeiro de 2015.

Sab Nov 29
Exposição De_Composição de Arlindo Abreu
Multi Dia
De Sex 17 Out Até Ter 02 Dez

Local: Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos

Exposição de artes plásticas "De_composição" de Arlindo Abreu, de 17 de outubro a 2 de dezembro no Centro Cívico do Estreito.

Entrada livre.

Sab Nov 29
Exposição MAR | Aguarelas de PATRICIA MORRIS
Multi Dia
De Sex 31 Out Até Sab 29 Nov

Local: Museu da Electricidade – Casa da Luz

Está patente ao público de 31 de Outubro a 29 de Novembro de 2014 a Exposição MAR | Aguarelas de PATRICIA MORRIS.

Entrada livre para a Exposição.

Sab Nov 29
Exposição Manoel de Oliveira - O Cinema na Imprensa e no Humor Mundial
Multi Dia
De Sex 24 Out Até Sab 01 Fev

Local: Museu de Imprensa da Madeira

Está patente até 31 de Janeiro a Exposição "Manoel de Oliveira- O Cinema na Imprensa e no Humor Mundial" no Museu da Imprensa em Câmara de Lobos.

Sab Nov 29
Exposição Paris: Horizonte Fatal
Multi Dia
De Seg 28 Jul Até Qua 31 Dez

Local: Museu Henrique e Francisco FrancoMuseu Henrique e Francisco Franco

Está patente a exposição "Paris: horizonte Fatal" que inclui 96 Obras de arte: pintura, escultura, desenho e gravura.

Sab Nov 29
Exposição SONS DA NOSSA GENTE - Castanholas da Tabua
Multi Dia
De Sex 25 Jul Até Dom 19 Jan

Local: Museu Etnográfico da Madeira

Para assinalar os 100 anos do concelho da Ribeira Brava, decidimos homenagear os artífices que, ao longo de muitos anos, produziram as chamadas castanholas "da" Tabua, apresentando ao público, neste último semestre, uma vez mais, a exposição temporária destes originais instrumentos, inserida no nosso habitual projeto "Acesso às Coleções em Reserva".

A partir de 5 de junho, esta exposição traz a público as chamadas "castanholas da Tabua". Tocadas na época natalícia, a caminho das missas do parto e do galo, e por altura das festas e romarias nos meses de verão, é na Tabua, freguesia pertencente ao concelho da Ribeira Brava, e em algumas zonas próximas, que estes instrumentos musicais possuem maior tradição. Estes idiofones de percussão direta adquiriram nesta zona da Região caraterísticas muito peculiares, como é o caso das castanholas com grandes dimensões, as castanholas com formas zoomórficas (galinhas ou cabeças de cão) ou um artefacto único, patente nesta exposição, da autoria de Alfredo Rodrigues Luzirão: o "avião de castanholas".

Informação e imagem: http://bit.ly/1lSJPju

Sab Nov 29
Exposição Vimes de Tiago Perestrelo
Multi Dia
De Sex 14 Nov Até Dom 30 Nov

Local: Casa da Cultura de Santa Cruz

A Casa da Cultura de Santa Cruz | Quinta do Revoredo, tem o prazer de o(a) convidar para a inauguração da Exposição | Vimes de Tiago Perestrelo, que se realizará no dia 14 de Novembro, pelas 20h30.

Tiago Perestrelo nasceu no Funchal em 1991. Em 2012 começou a estudar fotografia no Ar.co - Centro de Arte e Comunicação Visual, tendo terminado esse estudo em 2014. Em 2013, como aluno do 3º nível do curso de fotografia, fez a sua primeira exposição. Em 2014, participa na exposição colectiva "One Night Stand", em Lisboa. O trabalho que será apresentado na Casa da Cultura foi seleccionado para as Leituras de Portfólio do Laboratório de Fotografia do Carpe Diem Arte e Pesquisa, e também para o prémio Emergentes dst dos Encontros da Imagem.

Descrição do Projecto:

" Há uma localidade na Ilha da Madeira chamada Camacha. À alguns anos atrás a Camacha era muito conhecida tanto na ilha como fora dela, pela qualidade da sua Obra de Vimes. Esta indústria de artesanato era próspera e empregava alguma da população local. Num passado recente, devido ao envelhecimento dos seus executantes e também ao aparecimento de materiais parecidos ao vime e mais baratos, esta indústria sofreu um tombo gigantesco. 

Os espaços que fotografei são-me muito familiares, o meu avô trabalha na obra de vimes, os meus pais, as minhas tias e a minha avó costumavam trabalhar e eu, quando era criança gostava muito de ajudar o meu avô. Alguns anos passaram, e agora, o quase abandono dos espaços é evidente nas fotografias e a nostalgia é o sentimento predominante nas poucas pessoas que ainda executam este tipo de artesanato. "

Pequena Biografia do Autor:

Tiago Perestrelo, nasceu na ilha da Madeira em 1991. Em 2012 entrou para o curso de fotografia no Ar.co - Centro de Arte e Comunicação Visual, tendo acabado o curso básico em 2014. Já expôs colectivamente 2 vezes, sendo que esta será a sua primeira exposição individual.

Texto da autoria do Prof. Duarte Encarnação, que estará destacado na folha de Sala e que sumariza bem o projeto VIMES.

[Quando digitei as coordenadas: N 32º 40´ 43.406" W 16º 51´ 3.783", por pura intuição sabia que as mesmas me iriam transportar ao “lugar”, a viagem inicia-se de barco em terra, imagens vagas como resultado de um deambular na arquitectura rosada e familiar, onde podemos observar que a ruína está associado ao olhar nostálgico de Tiago Perestrelo. Esta serie de fotografias relatam o que outrora foi um centro de produção que utilizava o vime como matéria prima, uma manufactura tradicional na ilha, que concretamente na Camacha (recordem-se as coordenadas) conheceu dias mais luminosos, o agora é um percurso inverso e fantasmático repleto de objetos dissecados pela memória, mas também pela matéria, do vime, dos homens, da contabilidade, dos ficheiros inacessíveis, do tal barco, da sauna construída por mero hedonismo, das vivências laborais que cruzam a familiaridade das mãos construtoras que operam num tempo em ralenti (CESTOS/CAIXAS/LUZ/SOMBRA/JAPÃO/CADEIRÕES/ZOOLÓGICO/FERRAMENTAS...DEDICATÓRIA) graças à actual produção do império global sem regras, guilhotina deslocalizada desta e de outras “industrias manuais” que agonizam por uma solução.

Em conversa amena com o autor, o mesmo relata: “Quando fotografei isto, parecia um espaço que conhecia”, o Relógio do Café marca o tempo e o espaço de um verão longínquo, talvez seja este desconhecimento vindo da imparcialidade da câmara fotográfica, um interface racional, vidro frio que tenta humanizar as relações, a isso denominamos de fotografia (não apenas uma escrita pela luz), a relação anímica entre câmara, olho e objecto que expande neste caso um sentimento de distância, desinibido pelo puro prazer visual, ainda que o precário e o estado de abandono desperte o sentimento romântico das fissuras e do que já não está.]

O evento aqui: https://www.facebook.com/events/795860173788707/

Sab Nov 29
O Sardas no Museu
Multi Dia
De Seg 28 Jul Até Dom 30 Nov

Local: Museu Etnográfico da Madeira

Exposição de 13 de maio a 30 de novembro

Ilustração: Pascalqb

Projeto "O Sardas descobre o Museu" (ebook, jogo e exposição temporária de ilustração)

Deebookpublisher/Museu Etnográfico da Madeira
2014

Sab Nov 29
Visitas Guiadas ao Teatro Municipal Baltazar Dias
Multi Dia
De Seg 28 Jul Até Qua 31 Dez

Local: Teatro Municipal Baltazar Dias

Visitas guiadas com marcação prévia mediante o seguinte Contacto: Tânia Chaves

 

Preço:

Visitas de Grupos Escolares e de outras Instituições: gratuitas

Adultos 3.86€

Jovens (11-17 anos)

Pensionistas 1.86€